| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Social distancing? Try a better way to work remotely on your online files. Dokkio, a new product from PBworks, can help your team find, organize, and collaborate on your Drive, Gmail, Dropbox, Box, and Slack files. Sign up for free.

View
 

VISITAÇÕES ESCOLAS JUNHO, JULHO E AGOSTO 2017

Page history last edited by Nara 2 years, 7 months ago

 

 

 

VOLTAR

 

 

MÊS: AGOSTO/2017

 

 

DATA

CIDADE

ESCOLA

SÉRIE

ALUNOS

PROFESSORES

OBSERVAÇÕES

07/08

Jaraguá do Sul

EMEB Francisco de Paulo

9º ano

* 07 alunos

Professora Elfi Freitag

Os alunos do 9º ano da EMEB Francisco de Paulo, acompanhados de sua professora, vieram ao Museu da Paz com o intuito de conhecer a história relacionada à participação do Brasil e, em especial, dos expedicionários jaraguaenses, na 2ª guerra mundial. Conheceram o acervo do Museu, a Praça do Expedicionário e o Monumento ao Expedicionário, além de assistirem à palestra com o sr. Ivo Kretzer, filho do Expedicionário Fridolino Kretzer, veterano da 2ª guerra.

10/08

 

 

24/08

Jaraguá do Sul

 

 

EMEB Alberto Bauer

4ºs anos

 

 

9º ano

* 47 alunos

 

 

* 23 alunos

Amarildo de Lima, Rita Martins Bona, Milton Schroeder e Antônio W. C. Ribeiro

Os alunos dos 4ºs anos da EMEB Alberto Bauer, acompanhados por seu professor e orientador, vieram ao Museu da Paz no dia 10, em períodos alternados, para conhecer algo a mais da história jaraguaense: o centro histórico e seus entornos, as estações ferroviárias e rodoviária, o mercado público e o próprio Museu da Paz/FEB, com seu acervo específico que conta a participação dos pracinhas jaraguaenses na 2ª guerra mundial.

Já os estudantes do 9º ano, acompanhados da professora Rita e do coordenador Antônio, vieram ao Museu no dia 24 em busca de informações mais profundas e da oportunidade de visualizarem as peças que foram utilizadas durante a 2ª guerra mundial pelos expedicionários brasileiros, além dos soldados de vários outros países que também combateram naquele conflito. Esses alunos já haviam tido o benefício de ouvirem, na própria escola, a uma palestra com o sr. Ivo Kretzer, filho de um veterano da 2ª guerra e atual secretário executivo da ANVFEB.

11/08

Jaraguá do Sul

APAE

Especial

* 07 alunos

Michele Karine Ponmiecinski, Márcia Ivanil Bradanski, Karla C. De Mira

Os alunos da APAE de Jaraguá vieram ao Museu para terem a oportunidade de conhecer mais de perto seu acervo, além de ouvirem histórias acerca da participação dos expedicionários locais na 2ª guerra mundial, uma vez que estão interessados nesses temas.

11/08

Bombinhas

EEB Maria Rita Flor

9º ano

* 16 alunos

Gabriella Lúcio Pozza e Patrícia Zimmer

A escola de Bombinha veio ao Museu por ter sido informada da particularidade do acervo referente à segunda guerra quandoe stavam visitndo o Museu Weg. Apesar de não terem agendado previamente, foi possível recebê-los e oferecer uma visita monitorada, além de compartilhar com os estudantes várias histórias relacionadas aos pracinhas locais, veteranos da guerra.

24/08

 

 

25/08

Corupá

EBM Teresa ramos

9º ano

3º ano

 

9º ano

* 60 alunos

 

 

* 22 alunos

Edicléia F. B. Greczoski

Com o objetivo de conhecer o acervo do museu, além de aprender a respeito da história do envolvimento de Santa Catarina e, especialmente, de Jaraguá do Sul e Corupá na 2ª guerra mundial, com a participação dos pracinhas da região no maior conflito bélico da história mundial, os alunos da EBM Teresa ramos vieram ao Museu da Paz, acompanhados de sua professora Edicléia, quando tiveram a oportunidade de aprofundar seus estudos teóricos, ou seja, visualizar e compreender melhor o que estavam estudando em sala. Durante a visita, assistiram a palestra com um filho de um dos Veteranos da 2ª Guerra Mundial, sr. Ivo Kretzer, e conheceram os espaços internos e externos que compõem o acervo museográfico do Museu da PAZ, acompanhados pela monitora Dionara Bard.

As três turmas de 9º ano do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio vieram em dias diferentes e turnos diferentes.

24/08

Jaraguá do Sul

EMEB Ribeirão Molha

9º ano

* 17 alunos

Professora Elfi Freitag

Como os alunos da professora Elfi estão estudando assuntos relacionados a 2ª Guerra Mundial, ela quiz oportunizar aos educandos conhecerem o Museu da Paz, com seu acervo, além de assistirem à palestra com o sr. Ivo Kretzer, filho do Expedicionário Fridolino Kretzer

 

 

CONSIDERAÇÕES GERAIS

 

 

No mês de agosto observamos a retomada das visitações por parte das escolas locais, além de outras de cidades vizinhas. Vieram ao Museu da Paz, com o objetivo de oferecer aos seus estudantes a oportunidade de aprender algo a mais da história da participação brasileira na 2ª Guerra Mundial, especialmente os motivos que levaram o mundo e o Brasil para a 2ª Guerra, bem como a participação do Expedicionários da Força Expedicionária Brasileira (FEB) nesta guerra. No caso de estudantes das turmas de 4º ano, o foco é uma pouco mais generalizado, pois estão estudando a história do município, portanto aprendem aqui a respeito do centro histórico, da importância e do impacto da ferrovia para a cidade e do envolvimento do município com a 2ª guerra mundial. 

 

 

 

 

Nenhum homem é tão tonto a ponto de desejar a guerra e não a paz, pois, em paz,

os filhos levam seus pais ao túmulo e, na guerra, são os pais que levam seus filhos até lá.”

(Heródoto)

 

 

 

 

-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-

 

 

 

MÊS: JULHO/2017

 

DATA

CIDADE

ESCOLA

SÉRIE

ALUNOS

PROFESSORES

OBSERVAÇÕES

14/07

Bombinhas

EBM Manoel José da Silva

9ºs anos

* 60 alunos

   

Fátima Apollo, Luiza Pinheiro, Graziela Airozo e Alessandra Leal

Com o objetivo de conhecer o acervo do museu, além de aprenderem a respeito da história do envolvimento de Santa Catarina na 2ª guerra mundial, com a participação dos pracinhas da região no maior conflito bélico da história mundial, os alunos da EBM Manoel José da Silva vieram ao Museu da Paz, acompanhados de sua professora Fátima Apollo para aproximarem a teoria da prática, ou seja, visualizar e compreender melhor o que estavam estudando em sala. Durante a visita, assistiram a vídeos, ouviram explicações e conheceram os espaços internos e externos que compõem o acervo museográfico do Museu da PAZ, acompanhados pelas monitoras Rosane Gonçalves e Dionara Bard.

26/07

Jaraguá do Sul

EMEB Helmut Guilherme Duwe

9º ano

* 25 alunos

 

Marciana Ludero e Priscila Prando de Ávila

Os alunos de 9º ano da EMEB Helmut Guilherme Duwe, acompanhados de sua professora e orientadora, vieram ao Museu da Paz para conhecer a história da participação brasileira e, em especial, da participação dos expedicionários locais na 2ª guerra mundial. Conforme sua professora, Marciana Ludero, os alunos queriam entender o que estava acontecendo no mundo, no Brasil e em Jaraguá em função dessa guerra.

 

CONSIDERAÇÕES GERAIS

 

No mês de julho, tradicionalmente um período de recesso escolar, tivemos duas escolas visitando o Museu da Paz,

com o objetivo de oferecer aos seus estudantes a oportunidade de aprender algo a mais da história

da participação brasileira na 2ª Guerra Mundial, especialmente os motivos que levaram o mundo e o

Brasil para a 2ª Guerra, bem como a participação do Expedicionários da

Força Expedicionária Brasileira (FEB) nesta guerra.

 

A liberdade não faz nem mais nem menos felizes aos homens; ela os faz, simplesmente, homens.”

(Manoel Azaña)

 

Dionara Radünz Bard

Responsável pelas Ações Educativas do Museu da Paz

 

 

-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-

 

 

 

MÊS:  JUNHO

 

 

DATA

CIDADE

ESCOLA

SÉRIE

ALUNOS

PROFESSORES

OBSERVAÇÕES

01/06

Corupá

EEB José Pasqualini

4ºs anos

* 26 alunos

* 24 alunos

 

Mônica Seidel, Larissa Shiskoski e Teresinha Pacheco

Os alunos de 2 turmas de 4º ano do Ensino Fundamental da EEB José Pasqualini, da vizinha cidade de Corupá, acompanhados por professoras e orientadora, vieram ao Museu da Paz para conhecer algo a mais da história que Jaraguá do Sul e Corupá compartilham, pois a cidade era distrito pertencente a Jaraguá até 21 de junho de 1958, quando foi emancipada. Os alunos conheceram o centro histórico e seus entornos, as estações ferroviárias e o acervo do Museu da Paz, em função da participação dos pracinhas locais na 2ª guerra mundial.

09/06

Jaraguá do Sul

CPAM – Centro Preparatório de Admissão militar

8º ano do EF ao 3º ano do EM

* 27 alunos

* 37 alunos

Jéssica Finger

Os alunos de duas turmas (matutino e vespertino) do curso preparatório para a admissão militar, CPAM, acompanhados de sua coordenadora, vieram ao Museu da Paz para conhecer a história da 2ª Guerra Mundial e, principalmente, as histórias relacionadas à participação do Brasil e dos expedicionários da região da AMVALI na 2ª guerra mundial, por meio da FEB – Força Expedicionária Brasileira, que atuou no front italiano nos anos de 1944 e .

14/06

30/06

Jaraguá do Sul

CEJA – Centro de educação de Jovens e Adultos

9º ano

* 17 alunos

* 19 alunos

Valdinei Deretti

Com o objetivo de conhecer o acervo do museu, além de aprenderem a respeito da história do envolvimento de Jaraguá do Sul na 2ª guerra mundial, com a participação dos pracinhas jaraguaenses no maior conflito bélico da história mundial, os alunos do CEJA – Centro de educação de Jovens e Adultos vieram ao Museu da Paz, acompanhados de seu professor, e aqui passaram um pouco mais de 3 horas, durante as quais assistiram vídeos, viram fotografias, ouviram uma palestra e receberam a monitoria durante a visita aos espaços internos e externos que compõem o acervo museográfico do Museu da PAZ.

19/06

Joinville

NPOR/62 BI de Joinville

-x-x-x-

Militares cursando o ensino superior

* 27 militares

Tenente Gazzolla

Os militares em formação do Núcleo de Preparação para Oficiais da Reserva do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville, acompanhados de seu instrutor, tenente Gazzolla, vieram ao Museu da Paz para conhecer a história relacionada à FEB – Força Expedicionária Brasileira, durante a participação do Brasil e, em especial, dos expedicionários catarinenses, na 2ª guerra mundial. Com o intuito de preparar os jovens militares que se tornarão oficiais em pouco tempo, o NPOR buscou o Museu da Paz para contribuir com o repasse de informações que compõe a história não apenas de nossa região, do Brasil e do mundo, mas a própria história do Exército Brasileiro.

23/06

Jaraguá do Sul

EMEB Erich Blosfeld

4º ano

* 16 alunos

* 16 alunos

Olga Schmitz e Suzana Stringari

Os alunos de duas turmas de 4º ano da EMEB Erich Blosfeld (matutino e vespertino), acompanhados de sua professora e orientadora, vieram ao Museu da Paz para conhecer a história da participação brasileira e, em especial, da participação jaraguaense, por meio dos expedicionários locais, na 2ª guerra mundial. Como estão pesquisando brinquedos criados na época (brinquedos militares, de pano, de lata e de papel), queriam entender o que estava acontecendo no mundo, no Brasil e em Jaraguá em função dessa terrível guerra.

 

 

CONSIDERAÇÕES GERAIS

 

Neste mês de junho tivemos um fluxo menor de escolas visitando o museu em função do cancelamento de fornecimento do ônibus da Secretaria Municipal de Educação (Jaraguá do Sul), o que resultou no cancelamento do agendamento de diversas turmas. Entretanto, mesmo assim, tivemos um bom número de estudantes, acompanhados por seus professores e orientadores, visitando o Museu da Paz, com o objetivo de aprenderem algo a mais da história da participação brasileira na 2ª Guerra Mundial.

Além dos estudantes de escolas, tivemos a presença de alunos que frequentam um curso preparatório para admissão na carreira militar e dos militares do 62 BI de Joinville, que também vieram ao Museu para entenderem melhor os motivos que levaram o mundo e o Brasil para a 2ª Guerra, be como a participação do Expedicionários da Força Expedicionária Brasileira (FEB) nesta guerra.

 

"As pessoas boas dormem pacificamente em suas camas durante a noite apenas porque homens duros estão prontos para fazer e conter a violência em seus nomes." (George Orwell).

 

"A família nem sempre é sobre o sangue que você compartilha. É sobre aqueles que desejam sangrar e sangram por você" (Anônimo).

 

 

 

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.